OECD

Resíduos sólidos são gerados em todas as fases da atividade humana, por exemplo, durante a extração de matérias-primas, o processo de transformação da matéria para um produto intermediário e final, o consumo do produto, etc. Resíduos Urbanos abrangem apenas 10% do total de resíduos, mas o manejo e tratamento muitas vezes representam mais que um terço dos esforços financeiros do setor público para reduzir e controlar a poluição. O manejo inapropriado causa impactos na saúde humana e ao meio-ambiente através do solo, da contaminação da água, qualidade do ar, clima e do uso de terrenos.

 

Resíduo urbano é definido como resíduos recolhidos e tratados por ou para os centros urbanos. Abrange resíduos domésticos, incluindo resíduos volumosos, resíduos semelhantes ao de comércios e negócios, prédios de escritórios, instituições e empresas de pequeno porte, lixo das ruas, o conteúdo de pequenos  contêineres e resíduos de limpeza de mercados se manejado como resíduo urbano. A definição exclui resíduos de tratamento e redes de esgotos municipais, bem como resíduos de atividades de construção e demolição. Este indicador é medido em milhares de toneladas e em quilogramas por habitante.